Como atingir a independência financeira – OMES
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
atingir a independência financeira

O que acha de nunca mais precisar se preocupar com dinheiro? É algo que todo mundo procura, apesar de que poucos sabem o que fazer para atingir a independência financeira.

PUBLICIDADE

Se o que você quer é aumentar o seu faturamento, poupar mais dinheiro e ficar tranquilo com relação as finanças, esse guia vai te ajudar. Nesse sentido, vamos falar sobre os passos ou comportamentos básicos para atingir a independência financeira de verdade.

O que é a independência financeira

Muitas pessoas imaginam que independência financeira significa apenas ganhar muito dinheiro. A entrada de recursos é importante, mas não é tudo. Para ficar completamente tranquilo é preciso implementar diversas estratégias.


PUBLICIDADE

Podemos dizer que a independência financeira é a capacidade de gerenciar seus recursos, para não enfrentar problemas e superar até mesmo os momentos mais difíceis. Por isso é importante saber economizar, ser organizado e pensar para o futuro.

Só pode atingir a independência financeira a pessoa que consegue gerar renda e controlar os seus gastos, de forma consciente. Mesmo pessoas ricas podem acabar perdendo tudo se não forem disciplinadas e cuidadosas.

Pague as suas contas em dia

PUBLICIDADE

Uma das melhores estratégias para atingir a independência financeira é pagar todas as suas contas em dia. Seja como for, o endividamento é um dos grandes inimigos do controle financeiro pessoal.

Quando compramos produtos e serviços no mercado, devemos fazer uma contraprestação, geralmente em dinheiro. Uma das opções para o pagamento é o parcelamento, que pode ou não incluir taxas de juros.

Se você comprar algo parcelado, é importante pegar sempre em dia, para evitar as multas, os juros e o acúmulo de contas vencidas. Além disso, o atraso no pagamento de contas é um dos primeiros sinais de descontrole financeiro.

PUBLICIDADE

Sempre que possível, opte por fazer suas compras à vista, sem parcelar. Dessa forma você evita fazer contas para os meses seguintes. E se você perceber que não consegue comprar à vista, pergunte-se se a compra é realmente necessária no momento.

Aumente as suas fontes de renda para atingir a independência financeira

Se você acredita que a sua renda atual não é suficiente para o seu objetivo de atingir a independência financeira, está na hora de aumentar as suas fontes de renda. Quanto mais dinheiro você ganhar, melhor será a sua condição patrimonial.

A independência financeira passa, necessariamente, pela geração de renda. Caso contrário você estará sempre limitado, sem condições de economizar, de investir e de satisfazer suas necessidades de consumo.

PUBLICIDADE

Para aumentar as suas fontes de renda existem várias opções, como conseguir um trabalho melhor, realizar duas atividades de forma simultânea, começar um negócio próprio e muito mais.

Além disso, se você possui patrimônios como casas e apartamento, poderá gerar renda através da locação. O mais importante é que você aumente o seu faturamento pessoal durante o mês.

Faça um fundo de emergência para atingir a independência financeira

Quando falamos em atingir a independência financeira, devemos pensar também nos momentos de dificuldade. E não se trata apenas da velhice, como também crises globais, problemas de saúde e outras situações inesperadas.

Para essas situações, é importante que você conte com uma verba emergencial. Esse dinheiro pode estar depositado em uma conta bancária, investido em um título público ou qualquer outro investimento com liquidez imediata.

PUBLICIDADE

Dessa forma, vale a pena guardar uma parte do seu salário todos os meses. Pense nesse dinheiro como uma espécie de garantia, para aquelas situações em que tudo fica um pouco mais difícil.

Evite o cartão de crédito

Lembra quando falamos sobre a importância de não deixar suas contas atrasarem? Também apontamos para os benefícios de pagar as suas contas à vista. Mas isso não se aplica ao cartão de crédito.

As taxas de cartões de crédito no país são as mais altas do mundo todo. Além das taxas por atraso no pagamento da fatura, existe a anuidade, que se aplica a maioria das operadoras de cartões do mercado.

Por isso, especialistas em educação financeira recomendam que esse cartão seja usado apenas em situações especiais. Se você usa mais de um cartão de crédito, elimine agora mesmo os cartões excedentes e mantenha apenas uma opção.

Economize para a aposentadoria

PUBLICIDADE

Além de guardar uma parte dos seus rendimentos em um fundo emergencial, é preciso pensar no seu futuro.

Quando chegamos na fase da velhice, deixamos de trabalhar. Nessa época passamos a receber uma aposentadoria, que na maioria das vezes é em valor muito inferior ao que estávamos acostumados.

Na prática isso significa que nos aposentamos recebendo menos do que estávamos ganhando. Os gastos, no entanto, podem aumentar muito nessa época, seja com a compra de medicamentos, pagamento de tratamentos e cuidados especiais.

Por isso é importante pensar em um rendimento extra, complementar à aposentadoria. Existem boas opções, como guardar dinheiro em uma conta ou contratar um plano de previdência privada, por exemplo.

Evite comprar por impulso

Para atingir a independência financeira é necessário pensar sempre com muita consciência e evitar decisões que sejam baseadas unicamente na emoção.

Todos nós já compramos produtos de que não precisávamos. A compra por impulso é um fenômeno muito comum. Somos influenciados pelos preços, pelas ofertas e promoções constantes.

Mas na maioria das vezes, essas compras acabam comprometendo a nossa estabilidade financeira. Fazemos contas que não podemos pagar e acabamos criando dívidas que podem levar muito tempo para serem quitadas.

Sempre que você pensar em comprar alguma coisa, pergunte-se pela necessidade. O seu dinheiro é suficiente para a compra? E se você esperar para comprar no próximo mês? Talvez não seja algo tão urgente e que possa esperar um pouco.

Conclusão

Nesse guia falamos sobre como atingir a independência financeira, através de algumas estratégias simples. Esse é o caminho para uma vida muito mais plena, feliz e realizada.

O dinheiro não é a fonte da felicidade, mas é indispensável para suprir nossas necessidades. Você pode atingir um nível de segurança e estabilidade financeira agora mesmo.

Para isso, aumente as suas fontes de renda, controle melhor os seus gastos, fique atento ao uso do cartão de crédito, faça um fundo de emergência e pense no seu futuro. Comece agora mesmo!

Write A Comment

7 + vinte =