Descubra as vantagens de investir no Tesouro Direto – OMES
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Investir no Tesouro Direto
Créditos: TesouroDireto – Governo Federal

Hoje em dia investir o capital em um tipo de renda fixa está na moda, além de ser rentável, ainda mais quando aplicado no Tesouro Direto, contudo, não é fácil atribuir seus recursos sem entender nada sobre as operações financeiras.

PUBLICIDADE

Desse modo, a melhor forma de fazer um investimento quando se é novo no mercado financeiro é a aplicação de valores em modalidades mais seguras e rentáveis, a exemplo do Tesouro Nacional.

Por isso, em momentos de crise econômica mundial, o mercado da Bolsa de valores tem aquecido a economia interna, várias empresas têm demonstrado uma boa reação na retomada do crescimento, assim, vários investidores iniciais têm adotado medidas para aquisição de cotas e investimentos.

Contudo, apesar do ânimo, cometer o erro de investir seu capital em uma empresa que poderá apresentar retração futura poderá ser uma perda e, por fim, o que seria lucro torna-se prejuízo.

PUBLICIDADE

Dessa forma, nosso blog dedicou esse artigo para aqueles que desejam obter rentabilidade em seus investimentos, contudo, com segurança e sem grandes riscos.

Descubra o Tesouro Direto

A principal característica desse tipo de investimento é a renda fixa, de maneira contida o Tesouro Nacional é emitido e vinculado à Secretaria do Tesouro Nacional, uma entidade do setor público ligada ao Governo Federal, assim, em termos simples; ao adquirir uma cota de investimento você estará emprestando dinheiro ao Governo do país.

Esse título público beneficia e financia projetos sociais e governamentais, instituindo políticas mais abrangentes para o desenvolvimento social do Brasil, contudo, ao investidores; o Tesouro Nacional garante a rendimentos pelos juros aplicados ao valor ou valores do capital aplicado a modalidade, porém, acessível apenas ao final do prazo para resgate.

PUBLICIDADE

Por fim, os investimentos – privados por assim dizer; são direcionados ao financiamento das várias áreas públicas como, por exemplo; a saúde, educação, infraestrutura e outros.

Quais as vantagens de investir no Tesouro Direto?

Ao aplicar seu capital em um título público você terá mais segurança e liquidez quando comparado a outro tipos de investimentos; assim, no atual cenário a sua rentabilidade é superior aqueles obtidos pela poupança, além disso, seu retorno é garantido pelo Governo Federal.

Ainda, de maneira líquida, seus riscos são reduzidos em cerca de 80%, relativamente ao valor aplicado (o mínimo), por fim, sua modalidade de aplicação é a renda fixa. 

Investir no Tesouro Direto
PUBLICIDADE

Quais as categorias de aplicação e correção do Tesouro Direto?

Esse tipo de operação financeira, Tesouro Direto, apresenta três categorias para a aplicação do aporte; Tesouro prefixado, Tesouro atrelado à inflação e Tesouro indexado à taxa Selic.

No Tesouro Direto quando aplicado à modalidade prefixado, o investidor garante o retorno de sua rentabilidade em dois polos; um com juros e com retorno fio (LTN) e a outra com juros semestrais, também, prefixados (NTN-F).

Embora, essas opções pareçam semelhantes cada uma delas apresentam particularidades. Dessa forma, Letras do Tesouro Nacional (LTN) torna-se um título simplificado, ou seja, o investidor sabe exatamente o valor dos seus rendimentos e o prazo para resgate;

PUBLICIDADE

Quanto a categoria Nota do Tesouro Nacional da Série F (NTN-F) torna-se um título simplificado como o anterior, contudo, com prazo menor de resgate e rendimentos; até 06 meses para o final do contrato.

Ainda, na modalidade Tesouro Direto, temos o subgrupo dos títulos atrelados ao IPCA; ou seja, chamada modalidade híbrida por especialistas do setor econômico, sua taxa de rendimentos é uma variação do próprio mercado financeiro, com base na alíquota inflacionária.

Por fim, no Tesouro indexado à Selic, o investidor poderá ter seus rendimentos atrelado a taxa Selic, contudo, se ela não estiver elevada ou abaixo da inflação não é a melhor opção.

PUBLICIDADE

Como eu posso investir no Tesouro Direto pela conta pessoal?

Para efetuar o investimento em operações financeiras atreladas ao Tesouro Nacional, você precisará saber se a sua instituição bancária oferece o investimento.

Se ela já estiver habilitada para efetuar a operação financeira é só seguir as regras abaixo:

Acesse ao Portal do Investidor – do Governo Federal, efetive o login com a utilização da sua documentação pessoal e dados bancários: RG/CNH, CPF, endereço, e-mail, telefone e conta bancária (se for necessário).

Em seguida, após o registro, o site enviará uma senha para o seu e-mail com o acesso ao Portal do Investidor; logo depois, é só clicar sobre “Investir e Resgatar” e depois em “Investir”.

PUBLICIDADE

Por fim, você visualizará todos os Títulos de investimentos disponíveis; com prazos, valores e ordem de pagamento, além disso, a taxa administrativa – que será descontada sobre os rendimentos, após a escolha do Título público é só aguardar a confirmação da aplicação em seu e-mail.

O que achou do nosso artigo? Compartilhe suas redes sociais. Por fim, acesse a outras informações sobre investimentos aqui em nosso blog, e invista no Tesouro Direto seguindo os passos acima.

Write A Comment

sete + seis =